CARNAVAL DE NITERÓI

Niterói define ordem dos desfiles de 2015

UMA NOVA CADÊNCIA ESTÁ CHEGANDO

TUDO SOBRE OS CARNAVAIS DE NITERÓI, SÃO GONÇALO E RIO DE JANEIRO

BALANÇO DO FONSECA

Rodrigo Fontes é o novo carnavalesco da escola do Santo Cristo

Unidos de Lucas apresenta grupo gestor

Objetivo é levar o Galo de Ouro da Leopoldina à elite do carnaval

SEJA UM COLUNISTA DA CADÊNCIA

Envie um artigo sobre carnaval para o e-mail nacadenciadabateria@yahoo.com.br

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Grupo dos 15 divulga sinopse do enredo para 2015

Última escola a desfilar pelo Grupo Principal de Niterói no próximo carnaval, o Grupo dos 15 optou por um enredo que aborda as riquezas do Brasil. Entretanto o tema não se limitará à natureza. Nossa cultura e esporte também serão lembrados. O enredo, 'Meu Brasil Brasileiro. O Grupo dos 15 mostra nossas riquezas', é de autoria do carnavalesco Alexandre Barbosa que está de volta à escola que o projetou no carnaval de Niterói. Os compositores interessados em participar da disputa devem se apressar. A data limite para entrega das obras (5 cópias das letras e 1 CD) é dia 20 de setembro. Os sambas concorrentes se apresentam no dia 4 de outubro.



Confira a sinopse do enredo:




GRUPO DOS 15 - Carnaval 2015
 'Meu Brasil Brasileiro. O Grupo dos 15 mostra nossas riquezas'

INTRODUÇÃO:
O GRÊMIO RECREATIVO ESCOLA DA SAMBA GRUPO DOS 15; para o Carnaval de 2015, FAZENDO 15 ANOS DE HISTORIA, convida a todos para VIAJAR NO NOSSO ENREDO, NA HISTORIA DO BRASIL, de certa forma PRESERVAR, e RATIFICAR NOSSAS MARAVILHAS E NOSSAS RIQUEZAS!

“SOMOS UM PAÍS CHEIO DE ENCANTOS! Acredito que muitos de nós BRASILEIROS não conhecemos grande parte do que temos no País e mais, os seus VALORES. Somos um dos maiores exportadores, ADMIRADOS EM TODO MUNDO POR NOSSAS BELEZAS NATURAIS!”
O BRASIL é o 5º maior país do mundo em território e em população. Possui A MAIOR FLORESTA TROPICAL, A MAIOR BIODIVERSIDADE, A MAIOR RESERVA DE ÁGUA DOCE SUBTERRÂNEA cujos estudos indicam que abasteceria por 20 anos a população mundial; O MAIOR RIO EM VOLUME E EM EXTENSÃO, A MAIOR BACIA HIDROGRÁFICA, possui a 9ª MAIOR EMPRESA DE ENERGIA (segundo o site Último Segundo) e a MAIOR EMPRESA DE EXPLORAÇÃO DE PETRÓLEO EM ÁGUAS PROFUNDAS, a melhor instituição financeira em tecnologia, a 10ª maior economia (segundo o Banco Mundial), o 8º maior PIB (segundo o site Global Times), um litoral extenso, lindo e com ÁGUAS QUENTES e ainda é um País com CONDIÇÕES DE CLIMA FAVORÁVEIS AO TURISMO, à vida e ao CULTIVO, ONDE CRESCE QUASE TUDO O QUE SE PLANTA. O MAIOR EM RIQUEZAS NATURAIS, MINERAIS, TALENTOS NA MUSICA, E NO FUTEBOL! E MUITO MAIS! UFA!!! ISTO É BRASIL!
De uma forma clara e resumida queremos MOSTRAR, VESTIR, ILUSTRAR um CONJUNTO DE RIQUEZAS do Brasil para o Mundo. O BRASIL! Um País cheio de problemas sim, como existem também em outros Países! Mas a ideia é destacar a alegria de viver, esta força de vontade do Brasileiro sua FÉ e a ESPERANÇA! Então vamos às qualidades, maravilhas e riquezas em vários seguimentos, cujos destaques são: A FAUNA, A FLORA, A AGRICULTURA, A MINERAÇÃO, A MUSICALIDADE, A CULTURA, O FUTEBOL O CARNAVAL! Que desafio, mostrar esta rica historia! Com orgulho de ser Brasileiro!

FLORA E A FAUNA:

“Antes mesmo do descobrimento pelos Europeus - alcançado por uma expedição Portuguesa -, em 1500, o território que hoje é chamado de BRASILera habitado por INDÍGENAS e os mesmos já conheciam muitas coisas!"

São as RIQUEZAS NATURAIS nos maiores BIOMAS: AMAZÔNIA, CERRADO, MATA ATLÂNTICA, CAATINGA, PAMPA e PANTANAL.  BIOMAS AMAZÔNIA e MATA ATLÂNTICA MUNDO DAS ÁGUAS, Amazônia ocupa 49,29% do território brasileiro. São 4,1 milhões de km², que abrigam mais de um terço das espécies da FLORA E DA FAUNA catalogadas no mundo. JEQUITIBÁS-ROSA (que podem chegar a 40 metros de altura e quatro de diâmetro), IPÊS e PAU-BRASIL fazem sombra a vários espécimes alguns  até em extinção, tais como: MICOS-LEÕES, LONTRAS, ONÇAS-PINTADAS, ANTAS, ARARAS AZUL,VEADOS, COTIAS E OUTROS... Cenários ainda possíveis na Mata Atlântica, que, quando os portugueses chegaram ao Brasil, se estendia por 1,3 milhão de km². Restam hoje 7% da área original. A Amazônia é considerada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, UNESCO, como PATRIMÔNIO AMBIENTAL DA HUMANIDADE. O segundo bioma citado, a MATA ATLÂNTICA, ainda é FONTE DE DESCOBERTAS de NOVAS ESPÉCIES ANIMAIS E VEGETAIS. 

O CERRADO, o 2º maior bioma brasileiro, que se estende por dez estados e é rota de três das maiores bacias hidrográficas da América do Sul: Tocantins, São Francisco e Prata. Além de uma importante diversidade de micro-organismos, acolhe mais de 700 ESPÉCIES DE AVES, cerca de dez mil espécies de plantas, 180 espécies de répteis, mais de 190 mamíferos, mil espécies de borboletas, só para citar alguns exemplos da riqueza da biodiversidade ali embutida. 

Nesta época, despois de explorar as terras, nomearam de ciclo do PAU-BRASIL o período em que essa madeira foi a PRINCIPAL RIQUEZA explorada na colónia. Mais tarde, com o estabelecimento da agricultura, iniciaram-se a lavoura da CANA DE AÇÚCAR e a construção dos engenhos. Com essa NOVA RIQUEZA, o CICLO DO AÇÚCAR SUBSTITUIU o do PAU-BRASIL. O PAU-BRASIL tinha por utilidade principal tingir tecidos, mas o empregavam também em construção e na fabricação de móveis. Os ÍNDIOS, que conheciam suas propriedades corantes, deram-lhe o nome de IBIRAPITANGA, em TUPI que significa MADEIRA VERMELHA. Durante o período colonial tiveram os índios importante papel na exploração dessa árvore. Cabia-lhes o trabalho da derrubada, do corte e do transporte dos toros que eram depositados nas feitorias e depois embarcados para a Europa. O PAU-BRASIL era encontrado desde CABO FRIO ao RIO GRANDE DO NORTE. Por isso, em alguns mapas da época essa parte do litoral Brasileiro aparece com o nome de COSTA DO PAU-BRASIL.


O principal produto agrícola da colónia foi a CANA-DE-AÇÚCAR. Originária da Ásia foi cultivada na ILHA DA MADEIRA. Sabe-se, contudo, ter sido plantada, em São Vicente, em 1533, associado a negociantes estrangeiros, iniciou a construção de um engenho. Foi, porém, em PERNAMBUCO, onde encontrou SOLO FAVORÁVEL, o MASSAPÉ, que a LAVOURA CANAVIEIRA tomou grande desenvolvimento. Surgindo então OS SENHORES DE ENGENHO, nobres, vivendo em grande luxo, respeitado e obedecido pelos escravos e colonos que residiam em seus domínios para este plantio e colheita.
Das plantas indígenas as principais eram o MILHO e a MANDIOCA. Da MANDIOCA faziam os Tupis uma farinha que se tornou de uso comum na alimentação do povo Brasileiro.
Outra planta indígena era o FUMO, chamado pelos colonos ERVA-SANTA, Seu uso era proibido aos Cristãos e o donatário do Espírito Santo, Vasco Fernandes Coutinho, foi publicamente censurado pelo bispo D. Pêro Fernandes por ter o vício de fumar. Os índios, porém, fumavam sob a forma de cachimbo ou charuto e essas duas modalidades do vício, acrescida depois pela do cigarro, acabaram por triunfar no mundo todo.
Também o ALGODÃO é planta indígena importante, pois deu origem a um ativo comércio e, ainda hoje, é uma das grandes riquezas do Brasil.
Ainda podemos citar outros, que tiveram seus papeis fundamentais na historia e com grandes destaques,  tais como: CAFÉ, SOJA, TRIGO ETC...

RIQUEZAS MINERAIS:

O DESCOBRIMENTO DE OURO EM MINAS GERAIS deu origem a muitas cidades, como CAETÉ e VILA RICA, atualmente OURO PRETO. Também foi descoberto OURO em MATO GROSSO, GOIÁS e BAHIA. O METAL PRECIOSO era procurado entre os cascalhos, nos leitos dos rios, utilizando-se a BATEIA, espécie de peneira de origem africana. Também foi encontrado ouro nas rochas, mas  a sua exploração já é mais difícil, pois, para acompanhar o filão ou veio pelo interior da terra, é necessário abrir galerias e poços. Ainda em Minas descobriram-se os primeiros DIAMANTES, A atual cidade de DIAMANTINA teve origem no Arraial de Tijuco, onde essas PEDRAS RARAS eram encontradas.

Carvão, Xisto, Ferro, Outros Metais.

Muito outros metais são encontrados no Brasil: o MANGANÊS, o COBRE, o CHUMBO, a BAUXITA, o OURO e o URÂNIO.
O Brasil já teve o MAIOR GARIMPO A CÉU ABERTO DO MUNDO localizado NO CORAÇÃO DA FLORESTA AMAZÔNICA, o GARIMPO DE NOME DE SERRA PELADA. Recebia homens todos os dias com suas picaretas e pás para EXPLORAÇÃO DO OURO. Milhares de homens trabalhavam na MINERAÇÃO; usavam o mercúrio para localizar o ouro. O mercúrio contaminava a água e também intoxicava os garimpeiros que com o passar do tempo muitos morreram pela contaminação.
As RIQUEZAS MINERAIS do Centro-Oeste são ainda mal conhecidas, mas mesmo assim a região se projeta como possuidora de excelentes reservas de FERRO, MANGANÊS, NÍQUEL, CRISTAL DE ROCHA, OURO e DIAMANTE. No Sul, destaca-se o CARVÃO MINERAL, o CAULIM, matéria-prima que abastece fábricas de azulejos e louças, a argila e o petróleo, explorado na plataforma continental. No Norte baseiam-se na prospecção e extração de minerais metálicos, como OURO, DIAMANTES, ALUMÍNIO, ESTANHO, FERRO, MANGANÊS e NÍQUEL na Serra do Navio.

OUTRAS RIQUEZAS:

A MUSICA:
GRANDES NOMES NA MUSICA, Dentro do meio musical, o mundo toca música brasileira. O foco da música internacional é muito voltado para o Brasil. É um mundo no qual eles querem entrar de certa forma, por isso surgem as parcerias entre cantores nacionais e internacionais. A nossa música é muito respeitada pelo mundo afora. As pessoas cantam samba no mundo inteiro. Fazemos historia e repercutimos como uma das REFERENCIAS E RIQUEZAS DE DIVERSOS ESTILOS MUSICAIS, estilos variados uma grande potencia até hoje. Varias personalidades Temos grandes nomes na MUSICA popular Brasileira, até um titulo de REI a ROBERTO CARLOS!

FUTEBOL:
já fomos um marco na historia mundial, FOMOS PIONEIROS NESTA ARTE, que inclusive deram a Edson Arantes do Nascimento o título de REI do FUTEBOL! Até hoje vários atletas são negociados por fortunas para o mundo todo. Sem falar de outras modalidades esportivas.

CARNAVAL E O SAMBA:
Comemorado em Portugal desde o século XV, foi trazido pelos portugueses para a então colônia do Brasil e em finais do século XVIII1 era já praticado por todo o território. Consistia em brincadeiras que variavam conforme os locais e os grupos sociais envolvidos. Com a mudança da corte portuguesa para o Rio de Janeiro, surgiram as primeiras tentativas de civilizar a FESTA CARNAVALESCA BRASILEIRA. UMA RICA E LUXUOSA FESTA NO BRASIL QUE ENCANTA TODO O MUNDO! O carnaval de rua do Rio de Janeiro, cidade que fundou o carnaval de rua brasileiro, figura no Guinness Book como o MAIOR CARNAVAL DO MUNDO, após ter permanecido durante décadas no marasmo.
Indústria do carnaval é o nome dado ao conjunto de atividade para produção de fantasias, adereços, materiais para os carros alegóricos. São na maioria empregos informais para milhares de costureiras, atividades que, segundo dados  movimenta anualmente cerca de 13 bilhões de reais e gera mais de 300 mil empregos. Só as escolas de samba do grupo especial gastam cerca de 100 milhões de reais em matérias primas — sem contar salários e serviços — para pôr seu enredo na avenida.
Poderíamos citar varias outras riquezas, já que isto não falta no Brasil.
NOSSAS RIQUEZAS MARAVILHOSAS, PONTOS TURÍSTICOS e PRAIAS! E por falar em praias que são muitas, lembra-se de mar e o mar nos recorda uma de nossas maiores riquezas: O PETROLEO!

EXTRAÇÃO PETRÓLEO:

Uma das maiores riquezas do SUBSOLO BRASILEIRO é o petróleo. Ele consiste em um líquido escuro e grosso, encontrado entre as rochas sedimentares. Sua origem ainda é incerta, alguns explicam como uma transformação de restos de animais e vegetais, e também de origem marinha. Essas rochas podem ser encontradas na terra e no mar. O petróleo para ser utilizado é necessário que seja refinado, de forma que dê origem a uma grande variedade de produtos.
Extração de PETRÓLEO e de gás NATURAL do campo de Urucu. O que o tornam o terceiro maior produtor de petróleo do Brasil. 

USO E DERIVADOS 
Além de GERAR A GASOLINA, que serve de COMBUSTÍVEL para grande parte dos automóveis que circulam no mundo, vários produtos são derivados do petróleo como, por exemplo, a PARAFINA, GÁS NATURAL, GLP, PRODUTOS ASFÁLTICOS, NAFTA PETROQUÍMICA, QUEROSENE, SOLVENTES, ÓLEOS COMBUSTÍVEIS, ÓLEOS LUBRIFICANTES, ÓLEO DIESEL e COMBUSTÍVEL DE AVIAÇÃO.
O PETROLEO É O COMBUSTIVEL DO MUNDO!!!

“SÃO MUITAS RIQUEZAS E MARAVILHAS NO NOSSO PAÍS”! O BRASIL É RICO INCLUSIVE NA SUA HISTORIA, E NA CULTURA!”

“VAMOS NOS EMPENHAR, PRESERVAR MUITO MAIS, NOSSAS MARAVILHOSAS RIQUEZAS!!!”

Alexandre Barbosa - carnavalesco

Mocidade realiza o primeiro corte de samba para o Carnaval 2015

Com 41 sambas na disputa - uma parceria desistiu -, a Mocidade Independente de Padre Miguel realiza na noite deste sábado, dia 20 de setembro, a partir das 22h, o primeiro corte de samba para o Carnaval 2015. Nesta etapa se apresentam 21 obras. No evento, que conta também com show de grupo de pagode na abertura da noite haverá ainda participação dos segmentos da verde e branca.

Cada parceria terá três passadas para apresentar sua respectiva obra. Uma delas sem a participação da bateria ''Não Existe Mais Quente'', e duas com o auxílio dos ritmistas comandados por Andrezinho, Dudu e Beréco. Com o enredo ''Se o Mundo fosse acabar, me diz o que você faria se só lhe restasse um dia?'', que será desenvolvido pelo carnavalesco Paulo Barros, a Mocidade Independente será a terceira agremiação a desfilar no domingo de folia. A quadra da escola fica na Avenida Brasil, 31.156, Padre Miguel.

Confira, já na ordem, os sambas que se apresentarão:

Samba 03 - Edu Ferreira, Mauricio Dantas e Cristano Soares
Samba 04 - Zé Glória, J.Giovanni e Gustavo Henrique
Samba 06 - Beto Correa, Edjaime Lucas, Tânio Mendonça, J. Trivella, Rogerinho, Biral, Leco, Tunicão, Cristiano Plácido, Vagner Moraes, Nelson Galão, Zé Márcio e Reinaldo
Samba 08 - Dauri Costa, Luizinho Pereira e Babá
Samba 09 - Dudu Nobre, Diego Nicolau, Marquinho Índio, Gabriel Teixeira, Domingos PS, Aline Rios, Edu Velocci e Floriano Caranguejo
Samba 10 - Dill Costa, Miguelzinho Pqd, Vander Mocidade, Pedro Paulo, Robson do Cavaco, Nito de Souza, Dudu do Cavaco, Aílton Santos, Paulo Franco e Rafael Barcelos
Samba 13 - Marcinho Diaz, Rodrigo Bola, Rodrigo Shumacker, Fabiano Pires, Marcelo Brazinha, Caveirinha, Ruy Barros e Janaina Marques
Samba 14 - Da Paz, Da Paixão, Jorge Carvalho e Elias
Samba 15 - Julinho Domingues, Cosminho, Tião Melodia e Jorge Alves
Samba 18 - Marfim, Pimenta, Marinho do Catumbi, Bené da Pompéia, Márcio França, Gigi da Estiva, Odair Marinho, Cosme Araújo, Mestre Dudu, Diogo e Jacaré
Samba 20 - Diney Monteiro, Marcelinho Maninho, Robson Barcellos e Ronaldo Drumond
Samba 21 - Bira da Rede, Vassil Ligerinho, Indio Ferroviário e D'arc
Samba 23 - Negão Samb'exala e Jean do Cavaco
Samba 25 - Guinna, Luiz Augusto, Wilsinho Saravá, João C, Davi Nascimento, Brasil de Copa e Luís Roberto
Samba 27 - Julinho Borba e Fernando Silva
Samba 30 - Zé Carlos da Saara, Luiz Menezes, Polaco, Jurandir 0x0, Doda, Serginho Saída 4 e Ricardo Leal
Samba 33 - Rafael Esteves, André Pimentel, Rodrigo Oliveira, Rafael Drumond, Rodrigo Rocha, Zezinho Bagunçando, Márcio Rocha, Vanessa Oliveira e Claudia Reis
Samba 35 - José Carlos Luna, Vagner Canarinho, Henrique, Chico Show, Bacalhau, Wanderson Luna e Tuninho do Bar
Samba 36 - Alexandre Cabeça, Dudu Bigode, Fabinho Detra, Gilberto Guerreiro, Lepê, Marco Lira, Maycon Ferraz e Profº Wladimir
Samba 38 - Paulinho Mocidade, Marcelo do Rap, Rafael Lima, Jorge Maia, Elton Guerreiro, Rodrigo Barbosa, Ricardo Prefeito e Sério Alan
Samba 39 - Cacá Miranda, Job, Rodolpho, Tutuca, Marcelo e Wagner

Viradouro seleciona componentes para alas coreografadas

André Lúcio e Luciana Yegros, responsáveis pela direção artística da Viradouro, estão selecionando homens e mulheres de qualquer etnia e idade para compor alas coreografadas e performances. Os interessados devem entrar em contato com André Lúcio, através do e-mail: aoliveira100@gmail.com

Comissão de frente também seleciona

A escola seleciona também homens afrodescendentes para compor a comissão de frenteO coreógrafo da Unidos do Viradouro, Sérgio Lobato, vai realizar no dia 30 de setembro, uma audição com os interessados. Para participar do processo é necessário que os candidatos sejam maiores de 18 anos, altura mínima exigida é de 1.80m. Não é necessário ter experiência em comissões de frente, mas já ter tido algum contato com a capoeira ou qualquer tipo de dança, inclusive a afro será um diferencial.

Em 2015, a escola retorna ao Grupo Especial e apresenta o enredo "Nas veias do Brasil, é a Viradouro em um dia de graça", desenvolvido pelo carnavalesco João Vitor Araújo.

Engenhoca apresenta enredo para 2015

Quarta colocada do Grupo de Acesso niteroiense em 2014, a União da Engenhoca aposta numa homenagem a verde branco da Zona Oeste carioca para buscar uma vaga na elite do carnaval de Niterói. “Da raiz busco a memória, desta grandiosa história, 60 anos de Mocidade Independente de Padre Miguel”, é o título do enredo criado pelo carnavalesco Paulo Cesar, a ser desenvolvido por uma comissão de carnaval.

Confira a sinopse:

União da Engenhoca - Carnaval de 2015

União da Engenhoca orgulhosamente apresenta: “Da raiz busco à memoria, desta grandiosa história, 60 anos de Mocidade Independente de Padre Miguel”.

Apresentação:
A Escola de samba GRES União da Engenhoca apresenta orgulhosamente uma homenagem pelos 60 (sessenta) anos da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel.
No ano de 1952, Ivo Teixeira admirador e apaixonado por football, fundou o time com cores verde e branco – conhecida como “o arroz com couve”.
Três anos após a criação do time, em 1955, o Independente virou bloco! Em pouco tempo, todos os jogadores tocavam algum instrumento, o grupo se organizou, surgiram compositores e nascia a Mocidade Independente de Padre Miguel.

Sinopse:

JUSTIFICATIVA DO ENREDO:
A Nossa Engenhoca, aqui tratada carinhosamente de “Guri”, ao abrir os olhos desperta a curiosidade de aprender e conhecer esta história, no seu passo a passo, o mundo dos seus fundadores, daqueles que um dia lhe inspirou a fazer samba e viver o carnaval. Daqui para frente sobre a regência da estrela maior do carnaval, desvendaremos seus cantos e encantos numa viagem de sessenta anos de grande história.
  
                         E é chegada a hora!

  No seu jeito criança de viver a vida, “Guri” apegado à curiosidade do mundo que se mostra em tamanha beleza, depara com o velho mestre e transporta para um mundo, do qual, nunca mais voltará a ser o mesmo, mesmo apegado ao seu mundo infantil, num mergulho teatral... Viaja e desperta seu talento de sambista e no seu desejo sonha em um dia realizar, de poder contar essas histórias de tamanha grandeza e beleza.

Nasce a estrela – Nos encontros de football sempre nos finais, comemorados com muito samba, nasce dessa forma a Estrela, dando assim os principais passos numa trajetória de sucesso, campeonatos e sambas inesquecíveis.
 São três navios – da calmaria fugir perdido no mar, chegam os descobridores. E m terra de vera cruz e santa cruz a transformação desse gigante que hoje se chama “BRASIL” sou um campeão do carnaval.

Do país abençoado por Deus, onde a fauna e flora são riquezas que em lugar nenhum do mundo se encontra e nesta tropicália maravilha que minha alma se encanta com a rica beleza do meu país.

“A alma de uma escola é bateria. E para o povo todo alma é imortal”.
- Mestre André sempre dizia: ninguém segura a nossa bateria!

E nessa odisseia sideral que fiz meu samba, voei num bate e rebate de um ziriguidum espacial entre sonho e realidade. Fui ao espaço e por estrelas e galáxias e entre planetas finquei bandeira, onde plantei minha raiz.
    Numa furiosa visão, sem a malícia do homem branco. Visito minha nação de origem. Sem maldades, onde homens e mulheres de corpos desnudos a sombra de palmeiras e arbustos nativos, iniciam assim, seus processos de eurocentrismo e sentimento embranquecidos.

Vira, vira virou;
E no vira dessa vida,
Mergulhei nas águas.
Da fonte do saber
Iluminado no verde e branco
De uma Mocidade.
No meu real sonho
Inspirei-me!
Na criação...
E de um corpo e alma
Amarrei meu sonho
 Na batuta do velho
 “Lobos”, maestro Villa!



Senhoras e senhores
Crianças e jovens
Se do livro lhe contei minha história
Deixo meu coração na sua memória
Do meu samba gravado nesse chão
Minha estrela bem alta
Brilhando no topo da glória
Sorrir, cantar e amar o tempo.
Viver as glórias e não esquecer jamais 
O fio condutor da minha trajetória
Assim fecho este livro
Não para encerrar e arquivar o que vi
Mas para que outros venham
E continuem esse enredo
Que seja continuo permanente
Que atravesse os tempos
E novos mestres se apresentem...



Autores do Enredo: Carnavalesco Paulo Cesar e Comissão de carnaval

Caprichosos testa sambas finalistas na voz de intérprete oficial

A Caprichosos de Pilares escolhe o samba que desfilará no Carnaval 2015 nesta sexta, dia 19 de setembro, a partir das 22h, mas na noite desta terça, em sua quadra de ensaios, as três obras finalistas foram cantadas por Thiago Britto, intérprete oficial da azul e branca, e tiveram o acompanhamento da bateria Venenosa, comandada pelo mestre Alexandre.

Thiago cantou os sambas finalistas (foto Diego Mendes)
Apenas as parcerias e os segmentos da agremiação puderam acompanhar a execução dos sambas, que foram cantados por cinco minutos cada e uma passada sem bateria. Responsável pela interpretação, Thiago falou sobre a experiência. "Foi a primeira vez que isso aconteceu e eu gostei bastante. No início estava um pouco receoso. Pensei que cortariam algum samba, mas quando soube que não fiquei mais tranquilo. É ótimo pra saber como cada samba pode se adequar ao meu estilo de canto. Já definimos em que tom vou cantar o samba, seja qual for o vencedor. No ano passado, fizemos alterações no refrão e baixamos o tom do samba. Graças a Deus deu muito certo e tivemos boas notas no quesito. É muita responsabilidade, mas foi legal", comentou o jovem intérprete.

Na final, cada obra será executada por 40 minutos. Confira a ordem de apresentação:

1-  Moisés Santiago, Frank, Marcão da Gráfica, Santclair Cunha, Gabriel Cacique e Aldir Senna. 

2- Jorginho Moreira, Almir de Araújo, Rafael Gigante, Victor Rangel, Marquinhos JS, Robert Farrow.

3- Lee Santana, Geraldo Rodrigues, Marcelo Schmidt, Anderson Rodrigues e Fernando de Lima.

Baixa - Segundo informação da diretoria da escola, o compositor Queilo, integrante da parceria de Lee Santana não participará mais da disputa. A decisão foi comunicada pela própria parceria à direção da Caprichosos.


Programação da final - A abertura da noite fica por conta do grupo Sambaladikasa, que antecederá o show com os segmentos da Caprichosos. A quadra da escola fica na rua Faleiros, número 1, em Pilares. Ingressos a R$ 10.  Em 2015, a escola conta com a estreia do carnavalesco Leandro Vieira, que desenvolverá o enredo ''Na minha mão é + barato!''.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Tijuca recebe mais uma eliminatória de samba

No próximo sábado, 20 de setembro, a quadra da Unidos da Tijuca receberá os sete sambas-enredo que continuam na disputa e concorrem ao hino da agremiação em 2015. A atual campeã do carnaval carioca levará para a Sapucaí o enredo "Um conto marcado no tempo - O olhar suíço de Clóvis Bornay", e falará sobre a cultura suíça sob a perspectiva de Bornay (foto), figura representativa do carnaval carioca, que era filho de um suíço e cresceu ouvindo histórias da terra natal de seu pai.
A banda Swing Carioca é quem abre a noite e apresenta os maiores sucessos da música nacional. A quadra da Unidos da Tijuca fica na Av. Francisco, 47 – Leopoldina. Entrada R$ 20



Confira a ordem de apresentação dos sambas:

1 – Gustavinho Oliveira, Caio Alves, Rafael Tinguinha, Cosminho (Samba 11)
2 – Julio Alves, Totonho, Dudu, Marcio André Filho (Samba 13)
3 – Enilson, Espirro, J. Lourenço, Aranha (Samba 03)
4 – Fernando Moreira, Zezinho Professor, Robertinho do Verdun, Fernandão (Samba 12)
5 - Josemar Manfredini, Fadico, Carlinhos (Samba 06)
6 - Daniel Katar, J. do Táxi, Flazil Câmara, Minuetto (Samba 01)

7 - Edinho, Diego do Carmo, Luiz Thiago, Vitor Coutinho (Samba 07)

Estácio promove 2ª Festa de Destaques

(foto: Dayse King)
A vermelha e branca do Morro de São Carlos realiza a 2ª edição da Festa dos Destaques no próximo domingo, dia 21 de setembro, a partir das 14 horas. Desta vez, além do congraçamento entre os estacianos e sambistas de outras agremiações, acontecerá uma homenagem aos 109 anos de Ismael Silva (Fundador da G.R.E.S Estácio de Sá).

O evento contará com as apresentações de destaques das principais escolas de samba do carnaval carioca, com suas ricas e belas fantasias, mostrando todo o brilho, requinte e glamour que encantam a todos no Sambódromo durante os desfiles.  O carnavalesco Cid Carvalho e  Salete Ventania apresentarão o evento.

A entrada  será uma lata de leite em pó, para ajudar as crianças especiais da instituição INACRE (Instituição de Apoio a Criança Especial). Mais informações através do telefone 2504-2883. A quadra da Estácio de Sá fica na Av. Salvador de Sá, 206/208, no Estácio. A quadra do G.R.E.S. Estácio de Sá fica na Av. Salvador de Sá, 206/208, Estácio.

Unidos de Lucas apresenta grupo gestor e divulga sinopse

Novo grupo lutará pela volta à elite do carnaval
Após anunciar o retorno do carnavalesco Max Lopes, o presidente da Unidos de Lucas, Anivaldo Fernandes e diretoria, se reuniram na última semana na Cidade do Samba, com um grupo de amantes do Galo de Ouro da Leopoldina. Intitulado “Unidos somos Lucas”, o grupo foi criado no intuito de reerguer a agremiação, de levar a escola ao convívio das grandes escolas na Marquês de Sapucaí. Além do carnavalesco Max Lopes, estão no grupo: Selminha Sorriso, Teteu José, Almir Reis, Manoel Alves, José Carlos “Machine”, Marquinhos Fernandes (devido a compromissos, não pôde estar presente), Elane Pires e Ana Cláudia Faria. Cada integrante desempenhará uma função, sempre em busca de melhorar a estrutura da escola. “Lucas já foi considerada a quinta potência do samba, desfilou e competiu com as grandes escolas, estamos unidos para reerguer a escola”, comentou Teteu José.

A Unidos de Lucas está no grupo de acesso B e será a sexta escola a desfilar na segunda-feira de carnaval dia 16 de fevereiro de 2015, na Estrada Intendente Magalhães em Campinho.

Max Lopes apresentou a sinopse do enredo 2015

Enredo: “Em busca do Destino”
Carnavalesco: Max Lopes
Pesquisa e texto: Marcos Roza

Sinopse

Unidos somos “Lucas”!
Entoamos a magia desse “texto menino”
E, sob o canto de um “Galo” divino,
Entramos no mundo dos sonhos,
Em busca de um destino.

A poesia do tempo reforça o nosso elo.
Abençoada, seja a nossa aventura entrelaçada pelos tons vermelho e amarelos.
Contos e estórias se misturam... Vem do tempo de criança, a proteção e a lembrança, de
uma “Fada Madrinha” de um mundo cheio de esperança.

Em uma alegria incontida,
Desfolham-se as pétalas de uma singela “Margarida”:
Bem me quer Mal me quer.
Num doce “recanto de paz”,
Enamoram-se a menina moça e o seu belo rapaz.

Eis que encontramos
O Mago da “Bola de Cristal”
Ao sabor dos ventos...
Prevê o nosso futuro,
E livra-nos de todo mal.

Quem saberá afinal?!
A “Cartomante Cigana”
Intervém!
Desvenda os mistérios,
E traça o nosso destino a caminho do bem.

Das águas de Iemanjá:
Jogam-se os búzios, sarava!
Crescemos, fluímos,
Entre múltiplos desejos,
Mil amores, mil carinhos...

É São João,
De encantos e magias:
Vemos no seio de um copo d´água
Um futuro promissor.
A cresça  e a profecia
De um “Violeiro Cantador”:
Passa, passa, passador... Com quem está o anel?
Me diga por favor: é noite de São João e eu preciso  conquistar o meu amor”.

Beija-Flor divulga logo do enredo 2015

O enredo da Beija-Flor de Nilópolis no Carnaval 2015 irá enaltecer a participação do negro na história da humanidade. O tema é completamente alinhado ao histórico da agremiação. A Deusa da Passarela costuma realizar bons desfiles quanto trata de um tema afro.

A imagem do enredo do Carnaval 2015 foi idealizada pela comissão de carnaval da agremiação e busca justamente esse parâmetro. “A logo é a primeira imagem que o público e os amantes da agremiação terão do enredo. A arte pode lhes permitir viajar pelas possibilidades de como materializaremos essa história”, disse Ubiratan Silva, o Bira, da comissão de carnaval da Beija-Flor.

A azul e branco será a terceira escola a desfilar na segunda-feira de folia. ''Um Griô conta a história: um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha da nossa felicidade'' é o enredo da Beija-Flor de Nilópolis. 

Disputa afunila. Sete sambas prosseguem

No início eram 22, agora são apenas sete. Chegou a reta final da disputa de samba da Beija-Flor de Nilópolis. Com o ótimo nível dos concorrentes, a expectativa pelas obras que continuarão na disputa e alcançarão a grande final do dia 16 de outubro só aumenta. E nesta quinta-feira, dia 11 de setembro, a comissão julgadora da competição eliminou duas obras.

Confira os sambas que seguem na disputa na Beija-Flor de Nilópolis:

Samba 54 – Serginho Sumaré, Luis Otávio, André do Cavaco, Aloísio Professor, Wanderley Novidade e Alencar de Oliveira

Samba 10 – Amendoim do Samba, Arnaldo Matheus, Eli-Lobo, J.Santos, Amir Sereno e  Wagner Quirino

Samba 13 – J.Velloso, Samir Trindade, JR Beija-Flor, Marquinhos Beija-Flor, Gilberto Oliveira, Elson Ramires, Dílson Marimba e Sílvio Romai

Samba 04 – Marcelo Valência, Gil do Andaraí, Sandro Chalub, Menor da Beija-Flor e William Fechecler

Samba 07 – Jefinho Rodrigues, Serginho Aguiar, Sormany, Dr Rogério, Henrique Faia, Luiz Figueiras e Lauro Silva

Samba 20 – Tadeu Luna, André Fullgaz, Serginho Castro, Marcelo Fernandes, Cacá Carvalho e Ivan Ribeiro

Samba 39 – Marcelo Guimarães, Sidney de Pilares, Jorginho Moreira, Billy Conty, Diogo Rosa, Milton Montenegro, Irlan Rios e Adílson Brandão

Caprichosos escolhe samba-enredo nesta sexta

Coroada Rainha no último domingo, Milena Nogueira é presença certa na final 
Nesta sexta-feira, dia 19 de setembro, a partir das 22h, a Caprichosos de Pilares define o samba-enredo que contará o enredo ''Na minha mão é + barato!''. São três sambas na grande final, que terá ainda apresentação com os segmentos da azul e branca, além da presença de Milena Nogueira, coroa rainha de bateria no último domingo. “É um momento importante e graças a Deus nós temos três grandes este ano. Com certeza, o samba que for escolhido nos representará muito bem. Convoco a todos os componentes, comunidade e os amantes do samba. Teremos uma grande disputa aqui”, garante Gilberto Nilo, presidente da Caprichosos.

Confira as parcerias que estão na disputa:

- Jorginho Moreira, Almir de Araújo, Rafael Gigante, Victor Rangel, Marquinhos JS, Robert Farrow.

- Lee Santana, Geraldo Rodrigues, Marcelo Schimidt, Anderson Rodrigues, Queilo e Fernando de Lima.

- Moisés Santiago, Frank, Marcão da Gráfica, Santclair Cunha, Gabriel Cacique, Aldir Senna.


O enredo da Caprichosos em 2015 fará uma homenagem ao comércio popular e será desenvolvido pelo carnavalesco Leandro Vieira, estreante na agremiação. A escola será a última a desfilar na sexta-feira de folia. A quadra da azul e branca fica na rua Faleiros, número 1, em Pilares.

Peninha visita a Unidos de Vila Isabel

O eterno mestre-sala se apresentou na Vila (foto Diego Mendes)
A noite do último sábado reservou um momento muito especial para quem esteve na quadra da Unidos de Vila Isabel. Pedro Paulo Lopes dos Santos, o lendário Peninha, mestre-sala de Estácio de Sá, Salgueiro, Império Serrano, União da Ilha e da própria azul e branco do bairro de Noel por muitos anos, marcou presença em uma das eliminatórias de samba-enredo da agremiação e dançou com a Natália Pereira, primeira porta-bandeira da Vila.

A presença de Peninha não foi só nostálgica, mas também um alívio para quem há pouco mais de um ano tomou conhecimento do estado em que o baluarte se encontrava. Aos 65 anos, ele vive com muitas dificuldades financeiras e vários veículos de comunicação chegaram a noticiar o envolvimento dele com as drogas.

Elegantemente vestido e bem apessoado, Peninha deixou impressão positiva em todos na quadra da Unidos de Vila Isabel. Na hora da apresentação do pavilhão da escola, foi convidado pelo mestre-sala Diego Machado e mostrou todo o seu talento e gingado com a porta-bandeira Natália Pereira.


Peninha marcou época no carnaval carioca e é considerado referência pela maioria dos profissionais da atualidade. Chegou a ser o único mestre-sala a tirar dez em um ano que o Grupo Especial contava com Delegado, Élcio PV, Noel Canelinha, entre outras feras.

Santa Tereza divulga sinopse 2015

A Unidos da Vila Santa Tereza lançou no último domingo, 15 de setembro, seu enredo para o carnaval de 2015. De autoria de Vinicius Ferreira Natal o enredo irá falar dos negros na visão do artista plástico Jean-Baptiste Debret, que viveu no Rio de Janeiro entre 1817 e 1831, e pintou os hábitos dos escravos na época. O título é “Aquarela Negra de Debret”.

Confira a sinopse:

Fechou-se o baú de viagem.
Debret bradou: “- Adeus, terra amada, adeus!”
Uma lágrima afrancesada rolou. O destino era o Brasil, de Portugal e D. João VI.
Desembarcou em choque.
Estupenda natureza! Explosão de cores! E andarilhou a descobrir a negritude tropical! Maravilhado, ia pintando a natureza, o colorido negro, o suor escravo.
Viu que a rua era um espaço de negros trabalhadores, vendedores de carnes e flores,
Mas também de quituteiras e artesãos que juntavam migalhas para comprar a alforria.
Encantou-se com os mistérios da fé, fosse com as irmandades religiosas negras – Salve o Rosário e Nosso Senhor Jesus Cristo dos Orixás! – fosse com escravos ciganos que, misteriosamente, previam o futuro. Saravá, amém, axé!
Retratou os negros – os comerciantes, mas também os comercializados - do Mercado do Valongo. Alguns deles, tal qual tigres rajados de um branco de excrementos ao sol, tinham a árdua tarefa de carregar os dejetos dos senhores em tonéis de madeira.
Tudo Debret retratava. Extasiado. Chocado. Emocionado.
Se o escravo era o pé e o braço da casa grande,
Debret demonstrava pintando as mãos que cozinhavam o alimento,
As tolas senhoras que só andavam, na casa e na rua, carregadas em liteiras e redes,
Os seios das amas que alimentavam aos sinhozinhos,
Os corpos das negras que saciavam os desejos mais sórdidos do senhor.
Tudo, tudo, pintava Debret
Até quando esqueciam os dissabores e brincavam de ser feliz
Viravam ao avesso e teciam a própria liberdade
Em batuques, risos-choro, taca-farinha!
Mas o “brancote” foi-se embora para o seu país,
Contava que lá era frio, não tinha calor
Faltava um Brasil ali na França para ser a sua inspiração
Sentiu saudades...
Deixou seu legado e percebeu
Que mesmo com o dia-a-dia de resistência e sofrimento
O negro deveria ser pincelado em forma de arte
A mais linda arte humana!


Autor do Enredo: Vinicius Ferreira Natal,Colaboração e Desenvolvimento: Diogo VillaMaior e Thiago Lacerda

Feijoada Leopoldina com show de Mauro Diniz

O cantor, compositor  Mauro Diniz é a atração da Feijoada Leopoldina de Setembro na quadra da Imperatriz Leopoldinense no dia 28/9 a partir do meio-dia.  Cria de Oswaldo Cruz, filho de Monarco, baluarte da Velha Guarda da Portela, Mauro Diniz tem cinco CD’s gravados. Músico consagrado e  respeitado no mundo do samba, Diniz já integrou bandas de importantes artistas brasileiros como Beth Carvalho, Zeca Pagodinho e Marisa Monte.Recentemente comemorou  30 anos de carreira com a gravação e lançamento de seu primeiro   DVD, “O Samba pede passagem”, com participações especiais  de Péricles, Mumuzinho, Leandro Sapucahy, Ubirany, entre outros.Além  do show de Mauro Diniz, a Feijoada Leopoldina terá  a  Roda de Samba do Pelé e  participação especial  dos compositores Tuninho Professor e Meio-Dia da Imperatriz.



Disputa de samba

O samba  1, de autoria dos  compositores Henrique César, Ilan do Laguinho, Claudiomar Rosa, Nonato Soledade e Aureliano Nek  foi eliminado da disputa após a apresentação dos sambas concorrentes neste último domingo. Sete obras permanecem na disputa que vai  eleger hino a ser cantado pela Imperatriz Leopoldinense no próximo carnaval:

SAMBA 2 - ELYMAR SANTOS, ALTAY VELOSO, TIÃO PINHEIRO, VITOR KACZ E ROBERT FARROW
SAMBA 3 - ALCIDES BARBOSA, BAHIA, CROMAR DA SILVA, WALTINHO E WILSINHO MINEIRO
SAMBA 4 - JOÃO ESTEVAM, EDUARDO MEDRADO, MARCINHO,   MARCOS LOPES E BARBIERI
 SAMBA 6 – FLAVINHO, J. L. FROES, XANDE LOCUTOR, EDMAR SILVA E TUNICO
SAMBA 8 - MARQUINHO LESSA, ZÉ KATIMBA, ADRIANO GANSO, JORGE DO FINGE E ALDIR SENNA
SAMBA 9 – JOSIMAR, CARLOS DO KIND, DIEGO MOURA. JORGE ARTHUR E EDU DA PENHA
SAMBA 10 - JEFERSON LIMA, ME LEVA, RÔMULO MEIRELLES, NETO E TUNINHO PROFESSOR   

Em 2015 a Imperatriz Leopoldinense será a quinta escola de samba a desfilar na segunda-feira de carnaval e levará para a Sapucaí o enredo AXÉ NKENDA! Um ritual de liberdade. “E que a voz da igualdade seja sempre a nossa voz” .

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Beija-Flor realiza mais uma etapa da disputa de sambas

Quinta-feira é dia de samba em Nilópolis! A partir das 18h a Beija-Flor promove mais uma eliminatória do concurso que definirá o hino da escola no próximo desfile. Sete parcerias ainda nutrem o sonho. A entrada é grátis.

As regras e a ordem de apresentação dos concorrentes só serão definidas um pouco antes da ''noitada de samba''. Quem chegar no horário poderá conferir o show da bateria Nota 10 comandada pelos mestres Plínio e Rodney, que tocará os principais sambas da gloriosa história da Deusa da Passarela.

Em 2015, a comunidade nilopolitana contará na Avenida o enredo ''Um Griô: um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha da nossa felicidade’’. O tema terá o desenvolvimento da comissão de carnaval formada por Fran Sérgio, Ubiratan Silva, Victor Alves, André Cezari, Bianca Behrands e Claudio Russo, todos capitaneados pelo diretor de carnaval Laíla. A Beija-Flor será a terceira escola a desfilar na segunda-feira de folia.

Confira as parcerias que continuam na disputa:

Samba 54 – Serginho Sumaré, Luis Otávio, André do Cavaco, Aloísio Professor, Wanderley Novidade e Alencar de Oliveira
 
Samba 10 – Amendoim do Samba, Arnaldo Matheus, Eli-Lobo, J.Santos, Amir Sereno e  Wagner Quirino
 
Samba 13 – J.Velloso, Samir Trindade, JR Beija-Flor, Marquinhos Beija-Flor, Gilberto Oliveira, Elson Ramires, Dílson Marimba e Sílvio Romai
 
Samba 04 – Marcelo Valência, Gil do Andaraí, Sandro Chalub, Menor da Beija-Flor e William Fechecler
 
Samba 07 – Jefinho Rodrigues, Serginho Aguiar, Sormany, Dr Rogério, Henrique Faia, Luiz Figueiras e Lauro Silva
 
Samba 20 – Tadeu Luna, André Fullgaz, Serginho Castro, Marcelo Fernandes, Cacá Carvalho e Ivan Ribeiro
 
Samba 39 – Marcelo Guimarães, Sidney de Pilares, Jorginho Moreira, Billy Conty, Diogo Rosa, Milton Montenegro, Irlan Rios e Adílson Brandão
Postagens mais antigas → Início

Aconteceu na Avenida

Aconteceu na Avenida
O editor do blog, Luiz Eugenio, entrevistando o intérprete Willian no Carnaval 2008

Personagens da Folia

Personagens da Folia
Rodrigo Fontes, coreógrafo da Comissão de Frente da Sabiá

Musa da Cadência 2013

Musa da Cadência 2013
Danúbia Gisela, a madrinha da bateria do GRES Tá Mole mas é Meu

Momentos do Carnaval 2013

Momentos do Carnaval 2013
Jéssica. Porta-bandeira do Experimenta da Ilha